Blogay

A contribuição dos gays, lésbicas e travestis para o mundo

Perfil Blogay é editado pelo jornalista e roteirista Vitor Angelo

Perfil completo

Escola sem Homofobia: Menino se suicida e pais culpam colégio

Por Vitor Angelo
29/02/12 18:30

Fachada da escola de Rolliver de Jesus (Reprodução/Vídeo)

Rolliver de Jesus, 12, se enforcou com cinto da mãe no dia 17 de fevereiro, em Vitória (ES). Ele não suportava mais o bullying que sofria na escola. “Eles [os alunos] o chamavam de gay, bicha, gordinho. Às vezes, ele ia embora chorando”, contou uma colega do menino.

Na sexta-feira antes do Carnaval, Rolliver foi feliz para a escola, mas acabou cercado por alguns alunos e humilhado. Os pais culpam a escola, pois tinham pedido transferência para os três filhos. A mãe Joselia Ferreira de Jesus explicou ao jornal “Folha de Vitória”: “Eu não tinha denunciado a situação desse meu filho, mas de outro. O Conselho Tutelar também sabia. Eu pedi o remanejamento dos meus três filhos, mas disponibilizaram vagas em escolas diferentes”.

O menino deixou uma carta pedindo desculpas aos pais pelo suicídio e se perguntando que não sabia por que era alvo de tantas humilhações.

Este é um exemplo claro da importância do kit do MEC vetado pela presidente Dilma Rousseff no ano passado. O kit Escola Sem Homofobia foi vendido por políticos de má fé para a opinião pública como uma cartilha que faria seu filho virar gay, o que não condiz com o projeto que a base era orientar professores e a própria escola em relação ao bullying homofóbico. Por isso não é sem erro dizer que a morte de Rolliver tem sim, as mãos sujas da escola, mas também do Governo.

  • Comentários
  • Facebook

134 comentários feitos no blog

  1. Felipe Marques comentou em 01/03/12 at 0:37

    Que merda eh essa de KIT GAY, enquanto vocês se preocupam com essas merdas, milhares de pessoas no Brasil mal tem o que comer na sua casa e também não tem saúde, educação, emprego, SEGURANÇA PÚBLICA!

    Com isso vocês não se preocupam né???

    Invéz de se preocupar com o que é importante vocês se preocupam com lixo, e os POLÍTICOS CORRUPTOS??? Por isso vocês nunca lutam neh???
    ¬¬

    • Carol comentou em 04/03/12 at 14:12

      O que isso tem a ver com o Kit Gay? Cada um luta por aqui que acha importante pois temos ideais e livre arbítrio.

      Se queremos mudar alguma coisa, que comecemos por nós mesmos!

    • Advrp comentou em 04/03/12 at 19:33

      Caso você não saiba, o Estado tem uma série de deveres. Combater a discriminação e promover uma sociedade igualitária é função do Estado tanto quanto o é segurança e educação.

      Façamos assim: eu não lhe atrapalho na sua luta por saude e segurança e você não me atrapalha na mina luta por direitos iguais, ok?

  2. pericles comentou em 01/03/12 at 1:00

    enquanto isso a bancada pseudo evangélica está incentivando a homofobia, e o governo refém desta bancada, por troca de votos, não mexe uma palha pra resolver isso.

    • JRONETO comentou em 19/03/12 at 22:15

      ELES QUEREM MUDAR AS LEIS DE DEUS, ENTÃO SOFRAM DE ACORDO COM SEUS ATOS E PALAVRAS, QUE DEUS TENHA MISERICÓRDIA DE TODOS NÓS .

  3. JORGE-ROSSI comentou em 01/03/12 at 1:00

    Essa presidenta, fez o mesmo que a maioria das escolas fazem com os alunos que são vitimas desse tipo de crime, ela simplesmente ignorou.Fez bullying tambem.Ela tem muita responsabilidade .

  4. Lucia comentou em 01/03/12 at 1:16

    Isso não tem nada a ver com kit-gay. Isso é bulling. Os professores têm que ser melhor preparados para lidarem com esse tipo de situação. Não comecem com a demagogia, por favor!

  5. Irmao Junipero comentou em 01/03/12 at 1:36

    Nao e’ necessario um Kitgay, mas sim um kit anti-bullying. Eu fui “bullied” na escola por varias razoes, especialmente por ser pequeno e muitos outros por serem doceis, Gordos, feios, Margros, fracos ou delicados. O problema do Kitgay e’ que so’ tenta resolver um problema de bullying quando existem muitos, e que tem varias recommendacoes que nao tem nada a ver com bullying e muito mais com promover o homosexualismo.

  6. Irmao Junipero comentou em 01/03/12 at 1:42

    Eu fui bullied an escola por ser o menor da turma muitas vezes a ponto de chorar. Outros tambem sofriam por serem gordos, magros, fracos, feios, negros, asiaticos, judeus ou delicados. O problema do Kitgay e’ que deveria ser um kit anti-bulling para todos os que sofrem e nao deveria conter diretivas promovendo homosexualismo. Necesita-se um kit anti-bullying nao um kit pro-gay.

  7. Diniz comentou em 01/03/12 at 3:15

    O problema da religião é que ela não aceita a diferença, a diversidade humana, a liberdade. E os cristãos usam estas citações bíblicas para destilarem seus preconceitos, como se elas fossem verdades absolutas, porque acreditam na fantasia de que estes livros escritos há mais de 2000 anos foram ditados por um Deus. Estão presos a idéias ultrapassadas, medievais. Puro delírio, que leva qualquer humano que tente se encaixar a estas idéias e não consegue, a um estado de frustração, intolerância, raiva, e até psicopatias.

    • Nathália comentou em 01/03/12 at 14:57

      Concordo, o problema de o Brasil não ir pra frente em algumas questões, como, por exemplo, no combate à homofobia e na questão do aborto, são essas religiões retrógradas que existem por aí. E eu duvido que a maioria dos católicos não usam camisinha nem evitam a gravidez, ou será que a Igreja sustenta todo mundo e paga as nossas contas?

    • Ptolomeu comentou em 02/03/12 at 11:37

      O problema de quem quer por a culpa de tudo em religiões é que não sabe quais são os verdadeiros problemas e os verdadeiros culpados. Serão infelizes a vida inteira.

      • Renata comentou em 04/03/12 at 11:40

        Querido, queira ou você não queira, muitas pessoas ainda baseiam as vidas em argumentos religiosos toscos disseminados por maximizadores da ISENÇÃO FISCAL. Enquanto esta visão retrógrada e atrasada de ver a vida prevalecer estaremos sob os efeitos nocivos da religião. Acreditar em Deus é uma coisa, acreditar em religião e toda a sua manipulação á outra!

        • Ptolomeu comentou em 07/03/12 at 7:46

          Continue com esse seu pensamento tendencioso e esqueça os verdadeiros problemas. Como diria Marta Suplicy, relaxa e goza porque depois você vai se esquecer de todos os seus problemas.

    • Luis comentou em 05/03/12 at 11:51

      Na verdade eles usam a bíblia para justificar crimes. Como se a bíblia estivesse acima da justiça e da constituicao, quando nao esta.

      • Julliana comentou em 07/03/12 at 17:37

        A bíblia não justifica crime nenhum, isso é desculpa de quem quer fazer coisa errada e precisa de desculpa. Ou você acha que a bíblia defende bulling? Faça-me o favor.

  8. Marcos Paulo comentou em 01/03/12 at 11:16

    É incrivel isso de falarem que não existia bulling antigamente. Sofri anos com isso e meus pais não faziam ideia do que estava acontecendo. Repeti um ano pq tinha medo de ir pra escola e ser humilhado. Me escondia na diretoria na hora da saída pra não apanhar do grupinho (pq nunca é só um).
    Pensei, muitas vezes, em me matar e sinceramente não sei pq não cheguei as vias de fato.
    E dizem que não existiu??? Incrivel!!

  9. Pensamentos Filmados comentou em 01/03/12 at 11:26

    Vamos conhecer o que nao pode mais ficar desconhecido!

    Visite nosso site: http://www.pensamentosfilmados.com.br e Bem vindo para ser a mudança que você quer ver no mundo!

  10. Mistelteinn comentou em 01/03/12 at 12:19

    Todos os dias milhares de crianças gordas, magras, altas, baixas, estrangeiras, inteligentes, negras, orientais e etc sofrem exatamente o mesmo problema, então, é justo o governo investir milhões para solucionar o problema do bullying sofrido por apenas uma classe de crianças, as homossexuais?

    O problema aqui não é a homofobia Vitor, e sim o bullying! Os grupos de defesa gay querem se aproveitar de um problema seríssimo que é o bullying pra enfiar guela abaixo da sociedade a aceitação do homossexualismo como sendo algo normal… é vergonhoso ver um problema tão sério ser explorado dessa forma como está sendo… enquanto o governo investe tempo e dinheiro discutindo a qual profundidade a língua de uma lésbica deve descer dentro da boca da outra, no vídeo que seria entregue as crianças dos primeiros anos do ensino fundamental!, o problema do bullying continua a correr solto enquanto ninguém faz absolutamente nada quanto a isso! Caso o kit-gay realmente pudesse livrar as crianças gays do bullying, isso serviria somente pra que elas pudesse se juntar aos colegas e ajudar a praticar o bullying contra os gordos, magros, altos, baixos…

    Ninguém mais caí nessa, sério…

    • Nathália comentou em 01/03/12 at 14:53

      Eu concordo com você, os gays precisam de representantes mais sérios para defender a classe, pois se continuar do jeito que está o povo nunca vai levar a sério as reivindicações dele, muito menos a classe política do país. O governo deve sim agir contra o preconceito, mas do jeito que o kit gay estava elaborado, não tiro a razão da presidente em tê-lo proibido.

      • Ptolomeu comentou em 02/03/12 at 11:47

        Verdade! A classe dos gays precisa de representantes sérios, não somente na política. Eu não conheço um ativista gay sério.

        • Luis comentou em 07/03/12 at 0:21

          Verdade! Serios sao os evanjas que fazem exorcismo, curam AIDS e cancer, venderm spray mara capeta com capacidade para matar 20 capetas, martelinhos de deus, meias de deus, entradas para o ceu. Sao serissimos!!!!!!!!!!!!!!!!

          • Ptolomeu comentou em 07/03/12 at 7:49

            É bem por aí o comportamento gay. Não há um sério. São sempre comentários assim, querendo guerra com outras comunidades. Não dá para permitir que os gays hoje tenham uma participação maior por esse motivo. Não dá para conversar com alguém assim. É possível discutir com pessoas de todas as religiões, partidos políticos, filosofias e etc mas não é possível discutir nada sério com gays assim.

  11. Ana Reis comentou em 01/03/12 at 12:57

    Prova concreta de que em vê uma situação, vê só aquilo que quer ver. Ele deve ter sido chamado de mil nomes: bicha, gordo, cabelo de bombril, cdf, rola bosta e afins. Só o fato de terem chamado de gay importa.

    Isso mesmo, forcem a distribuição de um kit anti-homofobia em lugar de um kit anti-bullyng. Consertem um pedacinho só do problema. Quando morrer um gordinho, uma magrela, uma neguinha, um anãozinho, um baiano, a culpa será de quem só viu um lado do problema.

    Quem é professor sabe, o bullyng já existia, e está crescendo assustadoramente, tudo será motivo para ele.

    • fernanda comentou em 01/03/12 at 18:04

      concordo plenamente!

  12. Luis comentou em 01/03/12 at 13:03

    Dilma e a bancada evangélica devem ser responsabilizados criminalmente por todas as mortes motivados por homofobia! Já que quem deveria legislar em favor do cidadão pagante de impostos se volta contra o mesmo cidadão que lhes paga os altíssimos salários. Tem que por Dilma e esses políticos pastores na cadeia!

    • Ptolomeu comentou em 02/03/12 at 11:49

      Mas não são pessoas como você que promovem o bullying?

      • Luis comentou em 05/03/12 at 11:49

        Eu promover o bulling, kakaka tadinhos dos evanjas ne… Eu sigo a biblia se me dao um tapa devolvo 10! Olho por olho dente por dente.

  13. Ana Reis comentou em 01/03/12 at 13:04

    Procurem aí : Edimar vinagrão Gordo Taiuva . Ele não só se matou, como matou ocolegas por que cansou de ser o gordo.

  14. Mario Ceruti comentou em 01/03/12 at 14:00

    Muito triste. Sei exatamente como é porque também sofri com o bullying por ser gay durante todo o meu tempo de colégio. Isso só demonstra o quão NOJENTA é a política no Brasil, onde não se aprovam projetos de leis que visam educar as pessoas para respeitar as diferenças por medo de perder apoio de políticos CRIMINOSOS que incentivam a homofobia usando a palavra “religião”.

  15. Nathália comentou em 01/03/12 at 14:48

    Eu sou a favor de fazerem um programa anti-homofobia nas escolas, mas daquele jeito que o kit gay estava, a presidente tem toda a razão de proibi-lo, pois num país como o Brasil, qualquer criança que visse um daqueles vídeos do kit não ia se conscientizar, muito pelo contrário, ia rir e debochar ainda mais dos alunos gays. O que precisamos é de uma política séria e eficaz contra casos assim!

    • Ptolomeu comentou em 02/03/12 at 11:58

      Verdade! Iria aumentar a violência e os alunos teriam ainda menos respeito pelas instituições de ensino por permitirem tal material.

  16. fernanda comentou em 01/03/12 at 18:02

    Tá, ok. Mas não diz na reportagem que ele se matou exclusivamente pq chamavam ele de gay.Diz que foi por causa de bullyng!Então ficou meio solta essa história do kit anti homofobia né?não que eu seja contra,bem pelo contrário,mas colocar a culpa do ocorrido na falta do kit também não dá!a culpa é do bullyng!

  17. Irene Laurentino Guedes comentou em 02/03/12 at 15:26

    A questão essencial não é apenas o tema tratado.Falta respeito e solidariedade entre os seres humanos.Para nós cristãos tudo isso é considerado inversão de valores. Nâo é porque alguém diz-se ser homossexual que deva ser maltratado(a).Todo ser humano merece respeito, porém nós cristãos somos contra a prática do homossexualismo, tendo em vista que a nossa regra de fé é a Bíblia e a mesma se posiciona claramente contra esta prática Respeitar a pessoa como um ser social não necessariamente quer dizer concordar com suas práticas…Liberdade não deve ser confundida com libertinagem.Valores são importantes em qualquer geração.Então precisamos respeitar as ´pessoas como são..Porém da minha parte acho hipocrisia alguém levantar a bandeira de um novo padrão de família só pra manter um status na mídia.Fala sinceramente quando acontecer na sua família.. você terá a mesma reação?Ache bom quem achar…Mas, sou cristã tenho padrão de vida pela Bíblia e este novo modelo familiar não pode ser admitido.É distorcivo…… Respeito cada pessoa no seu espaço…mas não posso me calar hipocritamente achando isto normal…….Sinto muito……

    • Renata comentou em 03/03/12 at 21:04

      Irene, se a sua suposta igreja lavadora de cérebros dizer para você pular no precípicio por que Jesus pulou, você o faria, querida? Como cristã e seguidora de supostos textos sagrados distorcidos por pessoas, você deveria pensar por si própria né querida? A igreja te dá emprego querida? A igreja coloca comida na tua mesa, chuchu?…Pense por si própria querida…Não precisa aceitar a HOMOSSEXUALIDADE e sim respeitar apenas…

    • Luis comentou em 05/03/12 at 11:45

      Para mim a bliblia eh apenas um livro tosco, so acredita e pauta sua vida por aquilo quem eh alienado. Se vc for no psiquiatra e dizer que acredita em cobras que falam e que a mulher veio da costela de uma homem te internam na hora. Ou seja ser maluco em uma igreja pode. Eu ja acho que um dia vao achar a cura para o cristianismo uma das piores doenças do mundo, em nome dele se mata, rouba, fera e tudo pode. Acho que a liberdade de religião nao da a pessoa o direito de enfiar guela abaixo dos outros seus delírios religiosos Se vc quer ser louca e acreditar em cobras falantes que acredite! Ja querer impor seus delírios e loucura para os outros eh outra historia… Pior eh usar esse livro de tosco para condenar outras pessoas que nao fazem mal a niguem e estao somente cuidando de suas vidas.

  18. renato trindade comentou em 05/03/12 at 12:14

    Nos brasileiros, temos por comodidade culpar os polítcos por todas as mazelas, acredito que os mesmos são responsáveis por muitas delas, mas quem elege os políticos, quem eles dizem representar?Acredito que cada brasileiro deve chamar para si a responsabilidade de mudar de mudar segundo princípios universalmente corretos. se queremos uma sociedade melhor devemos cada dia procurar fazer melhor, sem a procupação do ser reconhecido ou de ser aprovado. JÁ É ULTRAPASSADA A IDEIA DE SER VERDADEIRO E OS OUTROS ERRADOS, POIS CADA UM DARA CONTA DE SI MESMO.

  19. PRSL comentou em 07/03/12 at 16:43

    Poxa vida, cade os pais dessas crianças de praticam o bulling? cade a responsabilidade social de cada um? Todos tem telhado de vidro, aos pais dessas crianças q praticam o bulling cuidado pois amanha pode ser com vc. Aos pais do Roliver fica meus sinceros sentimentos, carater nao depende do governo, vem do lar!!!!

  20. Juliana comentou em 07/03/12 at 17:43

    Gente por favor, isso não tem nada a ver com homofobia, todos sabem que em toda escola infelizmente há bulling, os alunos são ofendidos de vários modos, se são gordos, magros, feios, pequenos, altos, etc. O que tem que haver é disciplina em casa, os pais pararem de passar a mão na cabeça dos filhos que praticam bulling porque a escola não faz nada a respeito, isso é fato.

  21. Igor comentou em 08/03/12 at 15:08

    SENHOR Vitor Angelo TOME VERGONHA NA CARA… NÃO TEM NADA HAVER ESSE CASO COM KIT GAY…

  22. André comentou em 12/03/12 at 19:13

    Que D’us tenha misericórdia do menino, que cometeu esse ato extremo por não mais aguentar ser massacrado pelos outros e ignorado por quem deveria protegê-lo. Também fui vítima de bullying durante o meu período escolar, em uma escola católica, por ser gordo e não ter sociável (felizmente, não souberam que namorei às escondidas um colega). Houve um outro colega que, afeminado, foi escurraçado pelos demais alunos, sem que a direção tomasse qualquer iniciativa, além de chamar os pais para recomendar a transferência para outra escola. Isso foi na década de 1980, quando esse tipo de agressão nem era conhecida como bullying. Que a sociedade mude e esse tipo de ato maldito acabe de vez!

  23. samia comentou em 09/04/12 at 21:31

    Trabalho numa escola pública e sei que este é o pior lugar pra trabalhar dos últimos tempos. Todos (principalmente a mídia) culpam a escola. Pelo amor de Deus! O problema tá na família. Se tivesse orientação em casa (princípios) isso não estaria acontecendo com tanta frequência.

Publicidade
Publicidade
Publicidade

Folha Shop