Blogay

A contribuição dos gays, lésbicas e travestis para o mundo

 -

Blogay é editado pelo jornalista e roteirista Vitor Angelo

Perfil completo

Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade

Divulgado vídeo ‘Feliciano Não Me Representa’

Por Vitor Angelo

Desde que Marco Feliciano (PSC-SP) assumiu a presidência da CDHM (Comissão dos Direitos Humanos e Minorias) da Câmara Federal, uma série de protestos contra a nomeação do deputado federal para o cargo tem invadido as ruas e as redes sociais.  Um dos gritos do movimento, “Feliciano Não Me Representa”, ganhou forças nas passeatas assim como no Facebook e no Twitter. E esta semana, um vídeo com cidadãos mostrando cartazes com a frase foi divulgado na web.

Campanha nas redes sociais “Feliciano Não Me Representa” (Reprodução/Facebook)

A ideia divulgada em uma página do Facebook era bem simples e no texto dizia: “Inspirados no projeto #eusougay, criamos uma campanha virtual que tem como objetivo fazer com que nossas vozes sejam ouvidas. E sua participação é fundamental. Basta enviar uma foto (sozinh@ ou em grupo) segurando um cartaz onde deve estar escrito ‘Sou (preencher com uma característica sua) e Feliciano não me representa’.Vamos unir nossas vozes (e fotos) e fazer com que saibam de nossa insatisfação. Vamos fazer com que saibam de nossa indignação. Vamos fazer com que saibam de nosso poder!”

[youtube ODlutUUkFJg nolink]

Campanha nas redes sociais “Feliciano Não Me Representa” (Reprodução/Facebook)

Ao contrário do vídeo que Marco Feliciano divulgou em sua conta no Twitter no qual se vitimiza chorando e dizendo que renunciará e fez com que o seu partido PSC se irritasse com o deputado e pedisse explicações, o vídeo – assim como a campanha-  tem bom humor.

Campanha nas redes sociais “Feliciano Não Me Representa” (Reprodução/Facebook)
Campanha nas redes sociais “Feliciano Não Me Representa” (Reprodução/Facebook)

Blogs da Folha