Blogay

A contribuição dos gays, lésbicas e travestis para o mundo

 -

Blogay é editado pelo jornalista e roteirista Vitor Angelo

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Festival em SP revela o caráter underground e contracultural dos gays

Por Vitor Angelo

Até os anos 1980, muito do que poderíamos dizer sobre ser gay, ou um modo de vida homossexual, estava totalmente atrelada à ideia de underground e de contracultura. Com a massificação dos anos 1990 do que é ser homossexual, criou-se  (para o bem e para o mal) uma poderosa imagem de uma figura musculosa, apolínea, sem barriga e apreciador da música que chamamos de bate-cabelo. Com o intuito de  discutir que esta não é a única imagem dos homossexuais e evidenciar outras possibilidades de ser dentro de sua orientação sexual, o Festival Outcasts – A Contracultura Gay Jovem desembarca em São Paulo nesta sexta-feira, 03, e sábado 04, no clube Dynamite, na Bela Vista.

Cartaz do evento (Divulgação)

“A ideia surgiu da necessidade por fazermos parte de um mundo underground e querer expressá-lo. Não somos e nem queremos ser mainstream” , disse um dos organizadores do evento Marcello Nicolussi para o Blogay. Ele, junto com Peete Netto, Rafael Cocchini e Cairo Braga querem mostrar algo além dos estereótipos montados em relação aos gays.

Nicolussi responde ao ser questionado o que é mainstream no conceito do festival: “É a cultura homossexual que é mostrada pela mídia, por exemplo, como eles veem uma boate gay, isto é, uma pré-concepção que retira toda uma gama de atitudes por exemplo que podem significar uma boate gay, fioca apenas aquela imagem impressa pela mídia.  Queremos mostrar o outro lado da moeda”.

Confira a programação:

Dia 3 de agosto –

Frenéticos, Molhados & Croquettes: O grupo se inspira em grandes momentos da cultura LGBT brasileira dos anos 60 a 80. As principais referências deles são os Dzi Croquettes, os Secos & Molhados e As Frenéticas. Daí o nome do grupo: “Frenéticos, Molhados & Croquettes”.

Alisson Gothz: Artista performático, multimidiático, conhecido por seus números ousados e um pouco agressivos. Convidado para participar do projeto pela contribuição na cena underground LGBT.

Xerxes: Host, DJ, e Performer da noite paulistana LGBT, uma das promessas da nova geração de artistas underground.

+ Djs: Felipe Abe + Gah Junqueira, Pandex, Attrack Queens, Equipe Outcasts.

Dia 4 de agosto –

Elisa Ares: Cantora, musicista, e suas composições mesclam pop, rock, soul, folk e jazz, sendo uma revelação do mundo musical LGBT.

César Munhoz: Cantor, compositor, artista performático e multimídia. Já expoz fora do Brasil e é considerado um dos grandes representantes da cultura LGBT no ambiente artístico.

Apêndice Urbano: Grupo de teatro idealizado por Caio Nasser e Priscila Labronici, que faz apresentações em ambientes alternativos.

Debates: O ambiente familiar de um LGBT. A cultura underground gay. A política Arco-íris.

+ Exposições midiáticas e microfone aberto.

Serviço:

Festival Projeto Outcasts

Dias 3 e de 4 agosto de 2012

Dynamite Pub

Rua 13 de maio, 363 – Bixiga (Bela Vista) – São Paulo -SP

Preços e horários:

Dia 3 de agosto, sexta-feira das 23h30 as 6h00 – Entrada R$ 5

Dia 4 de agosto, sábado das 15h00 as 21h00 – Entrada Franca

Imagem do Facebook do Festival Outcasts (Reprodução / Facebook)

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade