Blogay

A contribuição dos gays, lésbicas e travestis para o mundo

 -

Blogay é editado pelo jornalista e roteirista Vitor Angelo

Perfil completo

Publicidade
Publicidade

Casamento gay ganha um forte aliado: Barack Obama

Por Vitor Angelo
Barack Obama (Sergio Lima/Folhapress)

Nesta quarta-feira, 9, o presidente dos Estados Unidos e candidato democrata  à reeleição do mais alto cargo do país, Barack Obama, declarou em entrevista para a rede de televisão ABC que é favorável ao casamento gay.

“Malia e Sasha [filhas de Barack] têm amigos cujos pais são casais do mesmo sexo. Tempos atrás, Michelle [Obama, mulher do presidente] e eu ficamos conversando na mesa de jantar falando sobre os amigos delas e seus pais e Malia e Sasha diziam que não entendiam porque os pais de seus amigos eram tratados de forma diferente. Não fazia sentido para elas e, francamente, esse é o tipo de coisa que leva a uma mudança de perspectiva”, afirmou o homem mais poderoso do mundo.

[youtube n94AJq-xtis nolink]

“É importante para mim evoluir minhas opiniões e afirmo que eu penso que os casais de mesmo sexo devem ser capazes de se casar”, disse Obama depois de tempos atrás se mostrar contrário ao matrimônio homossexual mas que estava pensando seriamente sobre o assunto.

No histórico do presidente, podemos dizer que ele implantou campanhas importantes para a inserção dos homossexuais de forma efetiva na sociedade norte-americana. Foi em sua gestão que os gays puderam abolir a cínica política “Don’t Ask, Don’t Tell” (“Não pergunte, não conte”) que militares homossexuais tinham que se silenciar sobre sua orientação sexual com a pena de serem expulsos das Forças Armadas.  Foi também um governo que condenou estadistas homofóbicos e que adotem políticas contra os LGBTs dificultando a entrada destes em território norte-americano.

Sem falar do empenho pessoal de Obama ao gravar um vídeo para a campanha “It Gets Better”, projeto que se empenha em diminuir o número de suicídio de jovens homossexuais, vítimas de bullying.

[youtube HzcAR6yQhF8 nolink]

Com tudo isto, poderíamos dizer que Obama é um verdadeiro simpatizante, apenas a questão do casamento igualitário, ou como dizem, gay, era um entrave. Diferente do Brasil que muitos crimes homofóbicos e de intolerância não tem a mão pesada da justiça, nos Estados Unidos o tabu está  na união entre casais do mesmo sexo.

Porém,  recente pesquisa do Gallup indica que 50% dos americanos são à favor do reconhecimento das uniões gays pelo Estado e os seus direitos serem os mesmo que dos casais heterossexuais. Com um quadro favorável, Obama pode expor algo que no fundo sempre parece ter acreditado (alguém que, como listei acima, teve durante o seu mandato uma postura “friendly”, não poderia pensar de outra forma sobre o casamento de pessoas do mesmo sexo).

O que acontece era que politicamente ainda não era um momento tão favorável para expressar sua posição como agora, depois da pesquisa. Mas nas internas, seu posicionamento foi sempre de adotar políticas afirmativas aos gays, lésbicas e transgêneros.

Já no Brasil…

Blogs da Folha

Mais acessadas

Nada encontrado

Categorias

Publicidade
Publicidade
Publicidade